Ladrilhando

Gostei! Vamos usar esse! Talvez. Mas mostre-me outro. Não gostei! Mostre-me outro.


Este problema foi utilizado em 77 Dojo(s).

Um arquiteto gosta muito de projetar salas em formato quadrangular, que normalmente não são tão complicadas de se construir, exceto quando os lados não são perpendiculares uns aos outros. Nestes casos, na hora de ladrilhar as salas, existe uma dificuldade em saber o número exato de ladrilhos retangulares que deverão ser utilizados para não haver desperdício dos ladrilhos que devem ser cortados para se ajustar o chão às paredes.

  • Uma sala é definida pelos pontos (0, 0), (A, 0), (B, C) e (D, E) onde todas as coordenadas (A, B, C, D e E) são inteiros maiores que zero;
  • Os vértices (B, C) e (D, E) não são coincidentes;
  • Um ladrinho possui dimensões F x G (com F e G inteiros maior que zero);
  • A parte não utilizada de um ladrilho cortado é jogada fora (mesmo que pudesse ser reutilizada em outra parte da sala);
  • Os ladrilhos começam a ser posicionados a partir da posição (0, 0) perpendiculares à parede formada por (0, 0) e (A, 0).

Você deve ajudar este arquiteto desenvolvendo um programa que, dado as coordenadas da sala e o tamanho dos ladrilhos, retorne a quantidade exata de ladrilhos que serão suficientes para cobrir toda a sala.

Já visualizados


 

Soluções

Envie sua solução!